VERGONHOSO: No Pará 70% dos adolescentes não concluem ensino fundamental

COMPARTILHEM !!!


O Fundo das Nações Unidas para a Infância (Unicef) apresentou nesta quarta-feira (1º) o relatório sobre a situação dos adolescentes brasileiros. De acordo com o estudo, 20% dos adolescentes entre 15 e 17 anos estão fora da escola, em uma faixa etária que abrange praticamente todo o ensino médio. No Pará, apenas 30,4% de um universo de 981 mil adolescentes conseguiram concluir o ensino fundamental. Ao todo 6,9% deles não estudam e não trabalham.

O relatório analisa a situação de meninas e meninos de 12 a 17 anos a partir da evolução de 10 indicadores, entre 2004 e 2009. O documento também traz uma análise das políticas públicas desenvolvidas no Brasil e propõe um conjunto de ações a serem tomadas para garantir os direitos de todos.

Na Amazônia Legal, a taxa de distorção entre idade e série em 2010 foi de 48% no ensino médio – a média nacional era de 35,9%. Em alguns Estados, o quadro era ainda mais grave. No Pará, por exemplo, esse índice era de 65,4%; no Amazonas, 54,3%; no Amapá, 53,2%; e no Maranhão, 53,3%.

Os indicadores de abandono escolar na região também são preocupantes. Em 2009, enquanto a média nacional de abandono no ensino médio era de 11,2%, em Estados como o Amapá e o Pará, o abandono escolar nessa etapa da educação foi de 23,5% e 20,7% respectivamente.

Além de menos escolarizados do que deveriam, os adolescentes são mais pobres do que o conjunto da população. Segundo o Unicef, a pobreza afeta 29% dos brasileiros e a extrema pobreza afeta 11,9%; entre os meninos e meninas de 12 a 17 anos esses percentuais são 38% e 17,6%, respectivamente.

No Pará, 25,5% de meninos e meninas nesta faixa etária vivem em situação de extrema pobreza. O indicador da extrema pobreza entre os adolescentes registrou um pequeno aumento, enquanto a tendência na população geral é de queda. De acordo com o Unicef, isso significa que houve um aumento da representação dos adolescentes na população pobre.

Os adolescentes que já tiveram filhos somam 4,6% no Estado, onde a maioria (81,7%) é composta por meninos e meninas da raça negra. Também a incidência de gravidez na adolescência é maior entre as adolescentes negras. Enquanto 3,9% das adolescentes brancas entre 15 e 17 anos já eram mães em 2009, entre as negras esse percentual subia para 6,1%

A taxa de homicídios entre adolescentes de 12 a 17 anos (por mil habitantes da mesma idade) também é alta no Pará: um total de 27,4% de jovens foram assassinados em 2009. O número é mais que o dobro do registro de mortes por homicídio em 2004 (12,3%).

fonte: Diário do Pará on-line


COMPARTILHEM !!!


0 Response to "VERGONHOSO: No Pará 70% dos adolescentes não concluem ensino fundamental"

Postar um comentário

Postagem mais recente Postagem mais antiga Página inicial

Revista

Revista

Seguidores